Pintas e Sinais de Pele

sinais-pele

O câncer de pele pode assemellhar-se  a pintas, dermatites e outras lesões benignas.

Por isso a importância do acompanhamento regular com o dermatologista para diferenciar lesões inofensivas de lesões perigosas.  O exame clínico  e a biópsia de pele fazem o diagnóstico definitivo do câncer de pele, mas é importante a atenção com alguns sinais e sintomas:

–  lesão de pele elevada e brilhante, avermelhada, rósea ou acastanhada que sangre facilmente;

– pinta preta ou castanha que tenha mudado de cor, aumentado de tamanho, tenha bordos irregulares e/ou tenha sintomas de coceira ou sangramento;

– manchas ou feridas que não cicatrizem e continuem aumentando de tamanho.

Qualquer um destes sinais, indica a necessidade de consultar com urgência um médico dermatologista.

Apesar de pouco frequente, o Melanoma Maligno é um tipo de câncer de pele muito agressivo, que se espalha para outras áreas do corpo e leva a morte se não tratado. Pode se confundir com pintas comuns e por isso foi criada a regra do “ABCD”  para ajudar as pessoas a identificar uma lesão suspeita de melanoma.

Lesões bem delimitadas, com uma só cor (geralmente rosa claras ou castanhas) que não apresentem crescimento contínuo, mesmo sendo elevadas, muitas vezes são apenas pintas ou verrugas seborreicas. De qualquer forma, é importante a avaliação especializada regularmente.